Tapetes Clássicos

Estes modelos fazem parte de uma cultura milenar e são produzidos a mão em regiões como o Afeganistão, o Irã, a Turquia, Paquistão, Índia e China. Para identificar a sua origem basta reconhecer o desenho já que cada tribo caracteriza o tapete através de um desenho próprio. A utilização destas peças nos projeto de interiores proporciona personalidade, sofisticação e imponência.

Persas

Os tapetes persas são tradicionalmente produzidos no Irã (antiga Pérsia) artesanalmente. Possuem padrões geométricos e pelo curto e estão entre os mais conhecidos e comercializados no Ocidente. O Kirman, o Nain e o Tabriz possuem padrões geométricos, cores vivas, florais e medalhões.

Turcos

Assim como os persas, os tapetes turcos possuem cores vibrantes e com figuras geométricas bem definidas e chamam atenção pelo visual e pelo contraste. São considerados obras de arte por também serem produzidos em teares manualmente.

Indianos

Diferente dos persas e turcos, os tapetes indianos são mais rústicos e têm as cores mais ‘desbotadas’. Com estampas chamativas, porém não tão rebuscadas são bastante resistentes e produzidas com um misto de viscose e lã.