Kian Arte em Tapetes 
Mídia - Tapetes Paquistaneses
28 | 06 | 2017
Compatrilhar
Facebook Google Twitter

Mais sobre Tapetes.

Tapetes Paquistaneses.

O Paquistão compartilha da tradição de tecelagem da Índia, uma vez que essas áreas se uniram durante a dinastia Mogul e mais tarde estiveram juntas sob o império britânico. Quando a índia e o Paquistão foram separados após a segunda guerra, suas indústria de tecelagem tomaram caminhos distintos. 

No Paquistão, a indústria em declínio foi revigorada com maciço apoio governamental, que envolvia subsídios e a introdução de métodos modernos de organização. Os tecelões mulçumanos que imigraram da Índia juntaram-se aos turcomanos, vindo do norte, nos grandes centros de tecelagem, localizados nas cercanias de Lahore e Karachi. 

Por volta do início dos anos 60, a indústria de tapetes paquistaneses estava no auge e desde então constitui um dos principais itens de exportação daquele país. 

Atualmente, essa indústria está organizada em dois métodos de produção. Muitos tecelões são donos de seus próprios teares e contactam diretamente empresários e exportadores, que por sua vez lhe fornecem desenhos, matérias,e chegam até subsidiar a produção. 

Os tapetes também são produzidos em grandes fábricas. O governo estabeleceu programas de treinamento para instrutores de tecelagem, fazendo com que milhares de tecelões capacitados sejam continuamente agregados a legião de trabalhadores. 

De início, a indústria revitalizada se concentrou na produção do tradicional desenho Bokhara (conhecido como pata de elefante). Essa escolha foi feita não somente pela relatividade simplicidadedo modelo, mas também devido à produção em declínio dos bokharas originais da Rússia. 

Mais tarde, os desenhos caucasianos foram adotados e atualmente os tapetes persas também estão sendo copiados. 

Os tapetes Paquistaneses são sempre tecidos com nós persas sobre sustentação vertical de algodão. 

As qualidades inferiores, com uma só sustentação horizontal, as outras, com duas. Em todos os casos, o material de sustentação horizontal é muito bom e isso permite que as fileiras sejam arranjadas de maneira bem apertada. 

A superfície e feita com lã. Como a lã nativa é muito macia, costumam mistura La com a Neozelandesa ou Belouch, ambas de exelente qualidade.